4 Aspectos de SMS que Devem ser Considerados na Contratação de Serviços

09/06/2016 20:24

Preço, prazo de entrega, credibilidade da empresa, solidez no mercado, esses são alguns aspectos que quase instantaneamente são observados no momento que estamos selecionando uma empresa para execução de um serviço, seja ele pontual ou contínuo.

Em grande parte dos casos, aquele preço mais barato ou ainda aquela condição de entrega de serviço mais competitiva esconde muitas vezes um inimigo sorrateiro que pode colocar em risco a continuidade do negócio de ambas as empresas: o acidente. Quando falamos deste, não levamos em consideração tão somente aquele ocupacional, que ocorre diretamente com o trabalho ou ainda aquele que gera danos ao patrimônio, mas também aquele que pode extrapolar os limites dos muros empresa, prejudicando sua imagem. Este geralmente traz prejuízos difíceis de calcular. Além disso, conforme prevê a legislação trabalhista brasileira, a responsabilidade é solidária, ou seja, contratante e contratada devem reparam os danos causados de forma proporcional.

Sendo assim, elencamos abaixo 4 aspectos de SMS importantes que devem ser observados durante a contração de serviços na sua empresa:

 

1. Histórico de Segurança da contratada

Do que adianta ter um ótimo preço se a cada obra que faz, a cada serviço que executa a empresa tem um acidentado? Importante frisar que na grande maioria dos acidentes há paralisação da atividade, gerando perda de tempo e aumentando os prazos de entrega daquele serviço. Nesse caso, é sempre válido checar como estão os dados acidentais da empresa junto a Previdência Social, se existem processos trabalhistas ou ainda fazer uma consulta com outros clientes que foram atendidos por esta.

 

2. Qualificação e certificação do pessoal

Se vamos confiar as nossas instalações a alguém, julgamos que este alguém saiba minimamente executar o serviço, né verdade? E além disso, qual foi a capacitação que este teve para se credenciar a realizar o serviço. Em alguns casos além da qualificação, é necessária uma certificação por um órgão ou pessoa com conhecimento pleno naquele assunto. Devem ser levados em consideração quais foram os conteúdos abordados, qual a carga horária foi ministrada ou ainda se há a necessidade de treinamento prático ou estágio para a aquela qualificação, por exemplo.

 

3. Comprometimento com a missão “Segurança”

Esse aspecto está relacionado na forma que a empresa trata as questões de SMS internamente. Por exemplo: antes da execução das atividades, como ocorre o planejamento? Em caso de acidente qual o tratamento que é dado? A empresa possui alguma política de segurança e saúde no trabalho se comprometendo com o tema? Existe alguma forma de mensurar o atendimento aos requisitos legais obrigatórios? Como podemos perceber, é um aspecto que merece muita atenção.

 

4. Padronização na execução dos serviços

Este ponto é continuação do segundo. A partir do momento que invisto em treinamentos e que me preocupo em padronizar as formas de execução de tarefas e de gestão do meu negócio, eu tenho maior probabilidade de êxito. Como sabemos todos nós possuímos experiências, vivências e capacitações diversas conforme nossa vida profissional.

 

Existem muitos outros aspectos relevantes, de acordo com o tipo de serviço a ser prestado e como a exigência de cada cliente. Importante é sempre tentar levantar o máximo de dados possíveis em relação a contratada e estabelecer quais são os padrões mínimos de execução que se deseja visando sempre cumprir a legislação e logicamente, prevenir a ocorrência de acidentes.

 

Autor: Paulo Renato Soares - Eng. Mecânico e de Segurança do Trabalho. Atua na gerência de SMS da Refinaria Abreu e Lima (Petrobras) em Pernambuco, além de realizar cursos e palestras em instituições de ensino e empresas na região. Acesse http://segvita.webnode.com.pt e fb.com/segvitasst para mais informações.