Após acordo, trabalhadores encerram greve no Mineirão

20/06/2011 11:05

Funcionários que trabalham na reforma do Mineirão se reuniram em uma assembleia na manhã desta segunda-feira (20) e decidiram suspender a greve nas obras do estádio. A categoria aceitou aumento de 4% sobre o salário e fechou acordo com a Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa). A paralisação das obras que visam o Mundial de 2014, que será realizado no Brasil, havia começado na última quarta.

O acordo prevê reajuste salarial de 4%, de forma linear para todos empregados; apresentação de um plano de saúde para os trabalhadores até o final de junho; pagamento de adicional de hora extra de 100%; fornecimento de cesta básica ou cartão alimentação no valor de R$ 60 a partir do dia 10 de julho; pagamento como participação nos lucros proporcional ao tempo de serviço na obra e estabilidade de trabalho para os operários que fazem parte da comissão de representantes dos empregados.

A proposta foi apresentada em audiência no Tribunal Regional do Trabalho da 3.ª Região, na capital mineira, na noite da última sexta-feira, que contou com a presença de representantes do consórcio Minas Arena, responsável pela obra, e do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Belo Horizonte (Sticbh).

Fonte: Agência Estado